Busca

Albergue de Mim

mês

abril 2016

Trago a galáxia em meu peito.
Em pequenas partes de poeira cósmica.
Trago as estrelas em meu peito
Em pequenos feixes de luz
que são projetados pra fora.
Trago as cores
explosões,
amores…
E as dores que gritam universo à fora.

Anúncios

O circo de horrores, o beijo do vampiro e o falecimento juvenil de uma democracia.

As armas perderam seu calibre e foram substituídas por tinta de caneta.
Hoje, o destino se tornou triste, melancólico e incerto… E a lágrima que cai dos nossos olhos representa nosso povo, nossa gente!
Ouvi o som ecoante dos gritos exacerbados de uma classe média a espreita de um golpe, enquanto meus ouvidos clamavam por um silêncio ou pelo grito libertário de mentes sadias… Porque são loucos em seu estado alucinatório e cego, que gritam a favor de um circo de horrores que nós temos que pagar mesmo não comprando o ingresso.

Vocês em sua famigerada comemoração ovacionando corruptos, concordando com o rasgar da constituição e em sua terrível inocência crendo piamente que assim a nação estará livre de qualquer percalço e atos de corrupção, não veem que nos bastidores Temer e Cunha puxam as linhas de suas mentes e dão seu selado beijo de vampiro.

Não posso lhes cobrar tamanho discernimento histórico, mas pelo menos algum… As semelhanças com o Golpe de 64 estão aí, claro que com sua conjuntura parecida mas cada uma delas carrega suas peculiaridades, porém é notório que tudo está se arquitetando em um golpe. Querem tirar a Presidente sem nenhum crime de responsabilidade acusando de corrupção e tacando pedras como bons corruptos sem pecados em uma Maria que teve alguns mas não o que acusam. E seus pecados foram não dialogar, ter posições firmes, cumprir muita das promessas… Mas não os vejo como motivos que validam o impedimento dela apesar de toda a minha insatisfação.

Por isso meus caros, digo não aos motivos egoístas e classicistas para a justificação dos votos, digo não ao uso do nosso bom Deus em vão, digo não aos discursos de ódio, ao preconceito, a polarização, aos golpistas, conservadores, a bancada ruralista, evangélica… DIGO NÃO AO GOLPE ORQUESTRADO! Só digo sim a favor do povo, as nossas matrizes indígenas, aos negros, aos pobres, sem terra, a comunidade LGBT… ao ser HUMANO!

Sim, nossos corações estão travestidos de preto em sinal do falecimento tão juvenil da democracia mas ele ainda bate, ainda corre o sangue e que seja enfervecido dando força a nossa luta. LUTAREMOS ATÉ O FIM!

– Louise Corrêa

Um golpe parlamentar e a volta reacionária da religião, da família, de Deus e contra a corrupção

Leonardo Boff

Um golpe parlamentar e a volta reacionária da religião, da família, de Deus e contra a corrupção
Leonardo Boff*

Observando o comportamento dos parlamentares nos três dias em que discutiram a admissibilidade do impedimento da presidenta Dilma Rousseff parecia-nos ver criançolas se divertindo num jardim da infância. Gritarias por todo canto. Coros recitando seus mantras contra ou a favor do impedimento. Alguns vinham fantasiados com os símbolos de suas causas. Pessoas vestidas com a bandeira nacional como se estivessem num dia de carnaval. Placas com seus slogans repetitivos. Enfim, um espetáculo indigno de pessoas decentes de quem se esperaria um mínimo de seriedade. Chegou-se a fazer até um bolão de apostas como se fora um jogo do bicho ou de futebol.

Mas o que mais causou estranheza foi a figura do presidente da Câmara que presidiu a sessão, o deputado Eduardo Cunha. Ele vem acusado de muitos crimes e é…

Ver o post original 517 mais palavras

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑